24 de ago de 2016

Nenhum comentário

Conhecendo Nietzsche: A morte de Deus – Ensaio 02



Por Matheus Negri

Na coluna desta semana vou apresentar a maior polemica de Nietzsche para o cristianismo: a morte de Deus. Semana passada vimos a primeira chave hermenêutica: o niilismo. Agora nos defrontaremos com o que há de mais ácido.

Leia mais

23 de ago de 2016

Nenhum comentário

“Sou princesa de Satanás”, diz mãe suspeita de matar filho com 50 facadas na Paraíba



“Sou a princesinha de Satanás”, dizia Sônia Paula Soares Marinho, de 39 anos, quando aguardava para prestar depoimento na delegacia. Ela é suspeita de matar o filho Kaio Márcio Soares Nóbrega Marinho, de cinco anos, com mais de 50 facadas, em Campina Grande, nessa sexta-feira (19).

Leia mais

22 de ago de 2016

1 Comentário

Doentes, feridos, porém mais que vencedores


Por Antognoni Misael

A marca mais relevante na vida de um cristão deve ser o amor. Dentre tantas convicções religiosas ou filosóficas não há nada mais encantador do que a capacidade de amar. No entanto, nós cristãos temos desaprendido o valor e o significado do amor e as suas contingências. Isto por que o verdadeiro amor está “linkado” ao exercício do perdão. Se não perdoamos, é porque não soubemos amar, nem tampouco temos compreendido com clareza esse amor perfeito demonstrado na cruz por nós.

Leia mais

12 comentários

Ana Paula Valadão e a Egolatria de uma Igreja Enferma



Por Thiago Oliveira

“Queixo pra cima, Princesa! Rainha! Senão a coroa cai”. Essa é uma frase “mantrica” que se repete numa música* cantada por Ana Paula Valadão num evento da Igreja Batista da Lagoinha. Além da sofrível melodia, que parece canção de programa infantil, a letra é terrível. Num templo que foi pintado de preto e que teve o púlpito retirado, a celebração é do homem para o homem. A líder do grupo Diante do Trono, no meio da música manda um “celebre a sua identidade, mulher”. Como se essa bizarrice não bastasse, ainda há uma coreografia no qual uma senhora é coroada e dança com aquela típica coroa de debutante. Além de deturpar o evangelho, precisa ser tão brega assim?


Leia mais

1 Comentário

Procurando Deus na Música Popular: a casinha branca e a criação restaurada

Casinha Branca (versão:Roberta Campos)

Eu tenho andado tão sozinho ultimamente
Que não vejo em minha frente
Nada que me dê prazer
Sinto cada vez mais longe a felicidade
Vendo em minha mocidade
Tanto sonho a perecer

Eu queria ter na vida simplesmente
Um lugar de mato verde
Pra plantar e pra colher
Ter uma casinha branca de varanda
Um quintal e uma janela
Para ver o sol nascer


Leia mais